DIRECTOR´S CUT DRY CREEK VALLEY CINEMA 2011

Cod: FFC02411

Seja a primeira pessoa a avaliar este produto

Produtor: Francis Ford Coppola Winery
País: Estados Unidos
tipo: Tinto



Região: Sonoma County
Uvas: 55% Cabernet Sauvignon, 42% Zinfandel e 3% Petite Sirah
Volume: 750ml


Preço já inclui o novo IPI ?

De acordo com a Medida Provisória número 690/15, convertida em Lei número 13.241 (30/12/2015), desde 01/12/2015 todos os vinhos vendidos no território brasileiro estão sujeitos à cobrança de IPI com alíquota de 10%. Os preços de venda em reais referenciados em nosso site já incluem o valor do IPI.

Disponibilidade: Em estoque

Only 3 left

R$516,00
Director´s Cut ou "versão do diretor" surgiu para que o enólogo assim como o diretor de um filme pudesse refletir sua própria interpretação da excelência de cada uma das diferentes cepas. Cinema 2010 é um blend muito especial, elaborado com os melhores frutos de Cabernet e Zindanfel (suas principais cepas) e que é considerado o flagship da linha. Um vinho de caráter único e irresistível!

Saiba Mais


Sobre o produtor

A arte de fazer vinhos está na família Coppola por muitas gerações, faz parte da tradição. Agostino Coppola, avô de Francis Coppola, fazia seu próprio vinho nos porões de seu apartamento em Nova Iorque em tanques de concreto. De acordo com o tio de Francis, Mickey, os vinhos não eram sofisticados e sim vinhos para beber todos os dias, sem grandes pretensões. Francis diz que a vinícola é um mundo de maravilhas do vinho, um parque de diversão aonde pessoas de todas as idades podem desfrutar o que existe de melhor na vida: comida, vinho, música, dança, jogos e natação. Um lugar para celebrar o amor e a vida. Os vinhos que Francis Coppola produz hoje em dia, não são os mesmos de Agostino, mas são produzidos dentro do mesmo espírito – para compartilhar com família e amigos.
Há 35 anos, quando Francis e Eleanor Coppola e seus filhos viviam em São Francisco, a família começou procurar um pequeno pedaço de terra no Vale de Napa que pudessem usar como refugio durante os finais de semana e para produzir seus vinhos. O refúgio encontrado por eles foi nada menos que a grande mansão Niebaum em Rutherford, no famoso estado de Inglenook. Esta mansão com cerca de 400 hectares, foi o lugar escolhido pelo finlandês Gustave Niebaum, que enriqueceu com a exploração de mineração no Alasca. Gustave era apaixonado por vinhos de Bourdeaux e decidiu replicá-los ali. Trouxe as mudas da França, plantou os vinhedos e transformou o local. A excelência das primeiras safras comprovou o potencial; a marca rapidamente ganhou fama. E o finlandês tinha coragem. Foi o primeiro da região a distribuir o vinho não mais em barris, apenas em garrafas, para inibir adulterações. Depois de adquirir esta propriedade em 1976, a família Coppola achou mais interessante pensar no reparo desta legendaria mansão do que numa pequena produção de vinhos no porão. Iniciaram o processo de restauração da região a fim de resgatar Inglenook e seus maravilhosos vinhos – foram 30 anos de dedicação – a família decidiu construir uma nova vinícola em Sonoma County para que pudessem produzir suas mais populares coleções - Diamante e Rosso&Bianco, uma vez que elas refletem muito bem o estilo cotidiano de viver. Francis Ford Coppola Winery é o lugar ideal para família e amigos desfrutarem bons vinhos, uma boa refeição ou simplesmente relaxarem em um ambiente mais tranquilo e casual.

Vinificação

Após colheita manual a fermentação acontece em temperatura controlada. Amadurecimento em barricas de carvalho francês e americano durante 14 meses.


Cor: Vermelho rubi profundo.
Aroma: Buquet exótico de amora, cereja e ameixa que se entrelaçam em perfeição a notas de carvalho, pimenta, baunilha e couro.
Palato: Vinho cheio em boca, com taninos delicados e final longo e marcante.
Harmonização: Ótima companhia para carnes vermelhas, massas e queijos suaves.
Teor alcoólico: 14.5%